Seminário alerta para desabastecimento de água em Belo Horizonte

Rompimento de barragem da Vale em Brumadinho atingiu Rio Paraopeba, um dos principais ponto de captação da cidade

Nós do Lei.A participamos, nesta semana, do Seminário “Água x Mineração”, promovido pelo Gabinete de Crise da Sociedade Civil, pelo Projeto Manuelzão e pelos subcomitês dos ribeirões Arrudas e do Onça, ambos pertencentes ao Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio das Velhas. 

Durante o seminário, apresentamos nossa plataforma e falamos sobre a importância da Comunicação como ferramenta fundamental para que movimentos sociais e os cidadãos comuns possam se empoderar ainda mais na luta por avanços e contra retrocessos ambientais. 

Assista ao vídeo da reunião na íntegra. 

 

#Conheça

BH sem água

Com cerca de 100 pessoas presentes, o evento na Câmara Municipal de Belo Horizonte contou com relatos de especialistas, integrantes de movimentos e moradores de regiões próximas a barragens de rejeitos. O alerta foi feito principalmente em relação à real possibilidade de desabastecimento de água na capital e sua região metropolitana. Um dos principais pontos de captação era exatamente no rio Paraopeba, diretamente atingido pelo rompimento completo de barragens da Vale, em Brumadinho.

 

#Monitore

Eu quero a serra viva

Fechando a nossa participação, exibimos novamente o documentário produzido pelo Lei.A  sobre o avanço da mineração na Serra da Piedade, em Caeté, um território protegido por oito instrumentos de proteção ambiental, histórica e cultural. Escrevemos sobre esse tema em janeiro. 

#Aja

Participação dos cidadãos 

Acesse os sites dos parceiros do evento e, caso se identifique com alguns deles, faça contato e ajude a reverberar as ações.

 

Subcomitê da Bacia Hidrográfica do Ribeirão do Onça

Subcomitê da Bacia Hidrográfica do Ribeirão Arrudas

– Projeto Manuelzão

– CPI das Barragens da Câmara Municipal de Belo Horizonte: Câmara Municipal de BH: (31) 3555-1122 | Gabinete do presidente da Câmara Edmar Branco: (31) 3555-1330 / 1207

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *