Fechos: Projeto pode garantir proteção integral de nascentes, campos e florestas que abastecem Belo Horizonte

Área prevista para expansão de Fechos é a única adjacente à estação não ocupada por loteamentos ou atividade minerária. Projeto de lei pode ajudar a salvá-la.
O caminho da água

A perda de áreas florestais atingiu cerca 30 milhões de hectares no mundo, em 2016. Uma área equivalente à superfície da Nova Zelândia, segundo estimativas publicadas pela Global Forest Watch (GFW). Além da perda de biodiversidade, a supressão dessas áreas verdes afetam diretamente o abastecimento de água das grandes cidades.

Para quem pensa que “a Nova Zelândia é longe demais” ou “isso não atinge a minha vida”, fica o alerta: a Estação Ecológica de Fechos, que detém em seu subsolo uma fonte imprescindível de água para quem vive em 38 bairros de Belo Horizonte e Nova Lima, pode entrar nessa estatística. Consequentemente, o fim ou racionamento de água na torneira e no filtro da sua casa também.

A água que vem de Fechos está perdendo vazão e sendo ameaçada pelo o avanço de atividades humanas em seu entorno, como a expansão urbana, mineração, lançamento de esgoto doméstico e industrial, incêndios, dentre outras.

 Veja na o caminho das águas de Fechos até a torneira da sua casa

 Veja quais são as ameaças que podem a acabar com o manancial da Estação Ecológica de Fechos

 

O que é preciso ser feito?

Estação Ecológica de Fechos

(c) Todos os direitos reservados a Nitro Imagens.

 

Os ambientalistas são unânimes em dizer que a maior ameaça à água que brota na Estação Ecológica de Fechos, atualmente, é a expansão da atividade minerária em suas proximidades. A atividade causa o abaixamento do lençol freático e pode secar as diversas nascentes que alimentam mananciais que abastecem a Região Metropolitana de Belo Horizonte. No entorno de Fechos estão as minas de Capão Xavier, Capitão do Mato, Abóboras, Mar Azul e Tamanduá, que pertencem à Vale.

Para que essa água não pare de jorrar, é necessário manter mais áreas verdes que promovam a infiltração da água no solo lentamente, recarregando o aquífero local (uma espécie de caixa d’água natural que está sob a estação). Daí a proposta de se ampliar a área de preservação da Estação Ecológica por meio de um projeto de lei em nível estadual.

Uma solução defendida por ambientalistas e por pessoas que dependem dessa água é a aprovação de um projeto de lei que aumenta a área da Estação Ecológica de Fechos, aumentando a proteção deste importante fragmento de campos ferruginosos e florestas.

Veja: Conselho do Parque Estadual do Rola Moça cobra aprovação de projeto de lei que amplia proteção de nascentes que abastecem Grande

 

O que a ampliação de Fechos poderia salvar?

Nascentes em Fechos

Este projeto de lei já existe e está em tramitação na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. É o PL 444/2015, de autoria do deputado Fred Costa (PEN), que amplia a Estação Ecológica de Fechos, assegurando a proteção integral de mais 222 hectares de áreas contendo rica biodiversidade. Além disso, comporia um corredor entre a Estação Ecológica e outras áreas protegidas da região (Monumento Natural da Serra da Calçada, Monumento Natural da Serra da Moeda, além das Reservas Particulares do Patrimônio Natural/RPPNs de Capitão do Mato, Trovões, Rio do Peixe, Andaime), fundamental para a manutenção do habitat de espécies ameaças de extinção.

 

 O que prevê o Projeto de Lei 444/2015

O território indicado para a expansão de Fechos é a única área adjacente à estação ecológica não ocupada por loteamentos ou atividade minerária. É composta por ambientes de Cerrado, Campo-cerrado, Campo Rupestre e florestas do bioma Mata Atlântica, onde estão presentes diversas espécies raras e ameaçadas de extinção. Garantir a expansão da Estação Ecológica de Fechos significa ampliar a possibilidade de manter a integridade dessa área protegida e cumprir outras funções ecológicas, como a preservação das cabeceiras do córrego do Tamanduá, um dos principais formadores do ribeirão Macacos, afluente do rio das Velhas, responsável por contribuir na produção de água da bacia do São Francisco.

 

Conheça motivos para a expansão da Estação Ecológica de Fechos

Motivos para expansão da Estação Ecológica de Fechos

(clique para visualizar em tamanho maior)

Share

One Comment

  1. Vanice Maria dos Santos Reply

    Moro bem próximo a mata dos fechos, meu pai foi responsável pela essa nascente durante 35 anos, hoje aposentado, essa nascente marcou minha infância, meu coração dói de saber o que essas minerações vem: fazendo. Gostaria de se informada . Obrigada

One Ping

  1. Pingback: Fechos: Proposta elaborada pelo Movimento Fechos Eu Cuido pode salvar áreas de “relevância extrema” para conservação da água da RMBH - Lei.A

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *