Deputados mantêm veto de Pimentel a PL sobre agrotóxicos. Maus tratos contra animais e intervenções ambientais em rodovias estão para ser votados

Por 46 votos a 1, parlamentares mineiros mantiveram veto parcial do governador ao projeto de lei 1023. Proposta previa que revendedores de agrotóxicos fossem obrigados a informar aos consumidores sobre o manuseio correto destes produtos.

 Próximos vetos a projetos de lei ambientais serão apreciados nos próximos dias. Você pode atuar.

Em semana conturbada, podem ser votados, na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, dois projetos de lei que propõem mudanças drásticas em regras ambientais do estado. O primeiro decidirá sobre a proibição ou não do uso de animais em experimentos para a produção de cosméticos, enquanto o segundo decidirá até que ponto o órgão ambiental deve se manifestar ou não a respeito de intervenções destinadas à realização de melhorias nas rodovias de Minas Gerais.

Ambas as propostas foram vetadas parcialmente pelo governador Fernando Pimentel no final de 2017 e estão sendo apreciadas agora pelos deputados. Para um veto ser rejeitado pelo plenário, são necessários 39 votos contrários (maioria absoluta da Assembleia). Entenda o que diz cada projeto, as justificativas do governador para os vetos e o que está em jogo para o meio ambiente.

Ainda dá tempo para incidir no resultado! Para enviar sua mensagem aos deputados, clique aqui.

 

Para acessar a análise resumida do Lei.A sobre a proposta, clique aqui.

 

 

Para acessar a análise resumida do Lei.A sobre a proposta, clique aqui.

 

 

Para acessar a análise resumida do Lei.A sobre a proposta, clique aqui.

 

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *